Os ciclos da Lua e os relacionamentos

Como mulher, você tem uma instintiva conexão muito forte com a natureza, em especial com a lua. Redespertando-a, você pode fazer proveito dos ciclos lunares para atuar diretamente em sua vida amorosa.
Dani Duarte, estudiosa de Magia e do Feminino Essencial, nos traz algumas noções sobre a natureza do feminino e também exemplos práticos sobre como comungar com a lua a favor do seu amor.


Em antigas tribos em que se mantinha uma conexão muito forte com a natureza, a mulher costumava vivenciar seus próprios ciclos de uma forma integrada com os ciclos naturais, fazendo com que houvesse uma harmonia natural em seu ser.
Com o tempo, este conhecimento foi se perdendo, fazendo com que a mulher se desconectasse destes ciclos e com a essência mais sutil de si mesma.
Graças a pesquisas sobre o feminino sagrado, conseguiu-se resgatar este conhecimento sobre o ciclo do feminino, que deveria ser repassado a todas as mulheres, pois isso faz parte de nós.
Para que se entenda o ciclo feminino, é preciso observar sua relação direta com o ciclo lunar. A lua rege as marés, sendo que cerca de 70% do nosso corpo é formado por água. Com base nesta linha de pensamento, podemos entender porque a lua nos influencia tanto, assim como a outros seres vivos.
O ciclo lunar é formado por quatro fases, iniciando pela lua nova, e seguido pela lua crescente, cheia e minguante. Estas etapas são ativadas em um período de cerca de 28 dias, assim como o ciclo menstrual da mulher. Desta forma, a mulher que deseja se conectar com seu ciclo natural, que é regido pela lua, deve conhecer o significado de cada fase.
Clique na imagem para ver maior.


Vamos iniciar pela lua nova: ela representa a força psíquica feminina, a força do pensamento. É nesta lua que devemos mentalizar e focar o pensamento nos nossos sonhos, para que eles aconteçam da melhor maneira possível. Não há limites para a criatividade e para os desejos. A força do pensamento é muito forte. É o momento de recolhimento máximo e introspecção.
É o momento da busca de nós mesmas. É aqui que nos renovamos a cada ciclo. Ela representa também o inverno e a noite. É hora de plantar seus sonhos.
É também nesta lua que devemos menstruar, pois a menstruação representa o poder mais profundo da mulher, o poder de gerar a vida. Acredita-se que, nos povos ancestrais, todas as mulheres menstruavam na lua nova.

Lua crescente: o que foi plantado na lua nova, cada pensamento emitido pelo ser, deve ser nutrido na lua crescente. Esta lua traz a energia do crescimento. É hora de fazer as coisas acontecerem. É o momento de cuidar de si, de cortar o cabelo, da sua beleza, pintar as unhas e tudo a que uma mulher tem direito! É o momento de agir.

Lua cheia: este é o momento da expansão, e quando nossos hormônios mais trabalham, se a menstruação vier no período "certo" (Lua nova). É onde estamos mais férteis. Para quem está tentando engravidar, este é o melhor momento, assim como para os partos. Por isso, os hospitais lotam de grávidas tendo bebês nesta lua. A lua cheia representa o equilíbrio entre o masculino e o feminino interno. É o momento de apresentar projetos, fazer palestras, etc. É o momento de colher os frutos plantados na lua nova e nutridos na lua crescente.

Lua minguante: após o êxtase da lua cheia, a energia começa a ficar menos intensa. É o momento de analisar, de refletir sobre o que foi vivido até aqui, considerando as conquistas da lua cheia, e separando o que foi ruim do que foi bom, o que deve ser mudado e o que deve ser mantido no próximo ciclo. Aqui é o momento mais propício para o desapego às coisas que não estão sendo boas para nós, que não estão nos fazendo feliz. Tempo de nutrir as raízes.

Um poder de mudar a sua história a cada ciclo - Estes ciclos devem ser vividos e entendidos por cada mulher. Com isso, podemos eliminar até mesmo a tão famosa TPM, pois ela nada mais é do que um desequilíbrio energético do nosso ciclo natural.
Vamos fazer um exemplo prático para um entendimento geral do que foi falado aqui? Vamos voar pelo campo dos relacionamentos... Você gosta de alguém, mas por alguma razão, esta pessoa está longe de você, ou vocês não se encontram nunca, ou não há chance de aproximação...
Você pode usar a lua para se aproximar desta pessoa. Mas isto não quer dizer que ela vá gostar de você com a ajuda da energia da lua só porque você quer! O seu ciclo, por mais harmônico que esteja com a lua, não pode influenciar as outras pessoas. Existe o livre-arbítrio, que é uma lei da natureza, algo que vem da própria natureza, como uma dádiva, como é o caso do ciclo feminino, não poderia ir contra isto, entendem? O que podemos fazer é mentalizar esta pessoa para que vocês se encontrem "por acaso", ou notícias dele venham até você. Isto devido à força do pensamento! Vamos ao exemplo:

Digamos que você queira um namorado, e esta seja a sua meta para o próximo ciclo. Na lua nova, eu vou mentalizar este namorado, imaginando-se com ele e imaginando todas as melhores características em um homem que te fazem feliz, que te completam! Deve-se imaginar isso tudo como uma coisa já conquistada, pois assim a força do pensamento se intensifica. Na lua crescente é o momento de agir. É nessa lua que se deve sair, dançar, se arrumar... fiquem lindas! É a lua de correr atrás dos seus sonhos, fazer com que eles aconteçam! Na lua cheia é onde provavelmente este tão desejado namorado virá, é onde estará o resultado de todo o trabalho gerado nas fases anteriores. Aí, é só aproveitar!!! Na lua minguante deve-se refletir sobre a conquista, e agradecer.

E se o cara não veio? Bom.. Então é hora de analisar seus atos. Eu realmente desejei isto com muita intensidade? Será que é a hora certa? Agi como deveria para alcançar o objetivo?
Cada fase deve ser vivida separadamente e cada fase é única. A mulher possui uma dádiva que em geral não conhece. Um poder de mudar a sua história a cada ciclo, um potencial de realizar sonhos que muitas nem imaginam! É hora de se conhecer! É hora de aprender a se amar! Só assim conseguiremos a harmonia e a felicidade tão desejadas!

Dani Duarte
21 anos, estudante de arquitetura e urbanismo, reikiana, águia espectral azul, bruxa
daniduarte_@hotmail.com
PORTO ALEGRE/RS


Ilustrações: Edição de arte a partir de imagens da autora

Um comentário:

  1. ola dani tudo bem vc é a dani duarte da caiçara

    ResponderExcluir

 
Série Temática Edição Absoluta/Amores. Coordenação e Design: RICARDO MARTINS.